quinta-feira, 26 de abril de 2012

Paz interior



Aconteça o que acontecer na sua vida, não perca a sua paz interior, ela é a força que você precisa para manter-se em equilíbrio mesmo durante as piores tempestades.
Manter a paz é fundamental para não cair nas armadilhas da depressão.


Para que sua paz continue, use estas regrinhas básicas:
- Use o bom senso ao ler as notícias.
- Pare de ir no embalo dos alarmistas de plantão.
- Ao entrar no local de trabalho, faça uma prece em silêncio e cumprimente a todos com alegria.
- Respeite-se, se não estiver com vontade de falar com ninguém, retire-se e pare de fingir que está tudo bem.
- Peça ajuda. Para ajudar alguém precisamos estar muito bem. Se você não estiver bem, esqueça, você vai prejudicar a você e a quem pediu ajuda. A paz é uma conquista daqueles que se amam.
- Ame-se pelo amor de você mesmo! Ninguém tem o direito de invadir a sua paz e se o estão fazendo é porque você está permitindo.
- Reveja seus atos. Para manter a sua paz vale tudo: banhos relaxantes, orações, terapias, e muito amor. A paz é um exercício diário.
- Sorria mais, relaxe, busque um cantinho dentro de você para ser feliz. Você é responsável pelo seu bem estar. Estando feliz, o outro seguirá o seu exemplo.
- Acredite em você.
- Valorize-se. Você merece muito mais do que tem hoje, e vai conquistar se mantiver seu pensamento voltado para suas conquistas, sonhos e desejos.
Só existem dois dias no ano em que nada pode ser feito. Um se chama ontem e outro amanhã. Portanto, hoje é o dia certo para amar, acreditar, fazer, e principalmente viver.


Preocupação
A primeira coisa que precisamos reconhecer é que na vida não existe nada que seja urgente!


Perdão
Perdoe-se antes de tudo e olhando para si, pense em como gostaria de ser tratado e passe a tratar os outros da mesma forma. Assim, compreendendo-os, aceitará os seus defeitos por compreender que também poderia ser assim (ou é ou já o foi).

O equilíbrio
"Nem tanto ao mar, nem tanto à Terra" ou "Nem 8 e nem 80".
Antes de falarmos, temos de estudar se realmente teremos todos os fatos, observámos o todo e compreendemos realmente a situação e estaremos prontos para tomar uma decisão acertada.
Reflexão e Intuição são importantes antes de qualquer decisão.

Procure mudar
!Se não fizer o esforço, de nada valem as intenções pois como diz a expressão "de boas intenções está o Inferno cheio". Há que realmente querer.

Muitas pessoas vitimizam-se apenas para que os outros lhes resolvam os seus problemas e conflitos: são incapazes de assumirem responsabilidades.

Viva o Agora
Esqueça o passado e esqueça o futuro - bem, muitas pessoas vivem no passado lamentando-se e lamuriando-se, se é assim mude -, viver o "Agora" é sentir constantemente que o momento presente é e foi único e está vivo, tem vida, sinta a vida, o fluir da vida para que possa realmente afirmar que tem uma vida. Quase todas as pessoas passam a vida sem perceber que tiveram uma vida pois nunca sentiram realmente os seus momentos, as suas glórias, as suas alegrias

Dar valor ao que é realmente importante
O que é realmente importante para si?

Cada experiência é parecida, mas o entendimento é diferente porque somos diferentes nas emoções, nas compressões, na matriz da personalidade e experiências vívidas. Tente ser o seu próprio Ídolo, defina como quer ser e comece o trabalho para se transformar. Aprenda o que é importante aprender, pois pretende o colocar em pratica. Como antes dito, pense se realmente quer uma coisa, pondere a sua decisão, avalie os seus impactos, veja que contributo dará e o que realmente quer que aconteça.